Associação Sócio-Terapêutica de Almeida, IPSS

  • 3.JPG
  • 7.jpg
  • H.JPG
  • RevistaASTA_2016-Capa.jpg

Este atelier trabalha, como é óbvio, a madeira nos seus diversos estados, que constitui um elemento terapêutico por excelência.

Um dos objectivos psicoterapêuticos do trabalho com madeira, é o de criar resistência e estabelecer limites a companheiros com carácter mais impetuoso e/ou, permitir para alguns mais introvertidos e “cismáticos” uma relação (quase diálogo) de trabalho evolutivo, com esta matéria quente e afável mas também forte e determinante.

Este trabalho, envolve pesquisa, persistência e imaginação nas fases da escolha de madeira (que pode passar pela procura de troncos velhos e cepas no campo) afim de ser trabalhada, esculpida e/ou transformada em peças utilitárias ou estéticas.

Este atelier interage com os outros ateliers no sentido de complementar alguns trabalhos.

 

Madeira!
Forte e doce
Agreste e quente
Tens tanto de gente
Tens tanto de “nós”!

Tens veias que correm
Que nós trabalhamos e que respeitamos

Tens formas que escorrem
E que têm voz
Que falam de tempo
Da terra que queima
Do ar e do vento

Madeira, tu dás-nos alento!


                                                                          Maria José Dinis da Fonseca